random themes

Archive for novembro 2008

gostei =D.


Quando estou na pior, fico tipo a Lily Allen. Adoro desabafar no meu diário virtual, escrever músicas mandando recados para namorados, ex-namorados, faço a maluca e saio pelada na rua e me sinto derrotada facilmente. Tenho que sair dessa, gente!

Qual celebridade você é quando está na pior?

Anúncios

Hilary Erhard Duff é uma cantora e atriz texana de vinte anos de idade. Seu primeiro trabalho de expressão foi coom a Wendy de “Casper Meets Wendy” (1998 – ela tinha dez aninhos de idade!) mas o que a tornou realmente conhecida foi o papel principal na Disney Serie “Lizzie McGuire”, seguida de seu álbum de estréia “Metamorphosis” (2003). Ou seja, como todas as Disney Ladies ela é conhecida por ter começado uma série infanto-juvenil no canal e prosseguido a carreira gravando um álbum.

Gente, eu não sou eu se não falar da Hilary porque todo mundo sabe que eu tenho um amor incondicional e inexplicável por essa menina (não só por ela, tenho uma coisa com Disney Ladies, mas a Hill é minha preferida). Mas não é disso que eu vim falar hoje. A Hill vai estreiar minha humilde coluna sobre moda.

Eu sempre gostei das roupas da Hilary, um estilo que é fácil de compor: cores neutras e jeans aliados a acessórios bacanas pra destacar o look básico. Ela tem desfilado bastante com botas aliadas a bermudinha jeans – de cano alto ou baixo essa é uma das novidades desta estação. E todo mundo tem uma bermudinha jeans, uma camisetinha bacana e uma bota de cor neutra pra combinar. Hilary também abusa das listras (que são febre total no último ano):

estilohill01estilohill02

hill032hill042

Hill tem uma companheira totalmente inseparável: a maxibolsa. Na foto do centro e na última aparece uma que foi bastante usada pela moça: Esta Prada foi adquirida por ela na semana de lançamento, custando mais de dois mil dólares! Hilary também abusa das listras (que são febre total no último ano).

Outro acessório de que Hill usa e abusa é o cachecol – normalmente maxicachecol ou lenço palestino. Eu gosto bastante dos cachecóis e lenços dessa forma porque protegem a voz (sou professora, né?). Podem reparar que ela os usa eles mesmo no verão. 

     hill051hill06hill07

hill08hill09hill10

hill11

Os sapatos da moça costumam ser botas (pretas ou marrons, sempre básicas), sandálias mais fechadinhas ou scarpin (quando estes elementos são cocloridos, aliados a uma produção bem sóbria – Hill costuma usar cor em apenas um item). Também é fácil vê-la com o bom e velho All Star.

No make, Hilary é basicona também: Batom cor-de-boca ou gloss aliado ao olho esfumado em preto ou iluminador com muito rímel pra finalizar. Pouquissimas vezes a veremos o efeito contrário: boca vermelha em olhos levemente maquiados.

 

 

Fontes: Oh-Hilary (oh-hilary.com)

Capricho (capricho.com.br)

estava eu ontem começando um blog como uma das coisitas que pretendia fazer nesse meu novo projeto de mudar de vida. não de ficar milionária (mas seria bem vindo), apenas de fazer coisas bacanas que fazem bem a mim mesma.

tudo isso porque eu estou estava no meio duma crise braba…completamente perdida em todos os campos imaginados da vida de uma pessoa.

aí ontem eu já tomei duas pequenas atitudes: comecei o blog e troquei de perfume. atitudes toscas e pequenas pra quem quer mudar de vida, mas eu queria só começar a pensar positivo.

ontem recebi a notícia de que fui contratada por uma editora onde fiz entrevista e recebi convite pra entrevista em outra. gentem, o pensamento positivo faz milagres na vida da pessoa…

primeiro post de blog é sempre um suplício. então é isso.

comecei um blog hoje. mais um projeto começado, esse juro que vai pra frente ^^.



  • Nenhum
  • Priscila: Ainda bem que eu e a Rafa fomos citadas, hahaha Meu, ainda bem que 2008 acabou! Tá, teve pontos bons. Mas tô bem feliz de ter acabado. E acredito m
  • Larissa: Noossa, adoorei, vou pensar muuito mais positivo do que eu já penso.
  • Meiyue: Mas é por aí. Interior e exterior se refletem, e pequenas mudanças podem acabar facilitando mudanças maiores. Assim esperamos, né? Que bom que